BEM VINDOS À POESIA


sábado, 15 de agosto de 2015

Guardiã dos Sonhos

imagem google.com
Vivia em paz, enfrentava dragões
em todos os tempos.
Invadia florestas,
Roubava flores
no breu de noite sem luar!

Penetrava em teus sonhos e delirava...
Fascinada,
Desejava saquear teus segredos...
Possuir-te!

Ah! Desejo de roubar uma estrela
e enfeitar teu caminho!
Descobrir-me capaz de mudar o rumo 
da história sombria e perigosa...

Proteger-te dos perigos.
Ser guardiã 
dos sonhos teus e amar-te loucamente! 

Escrevendo uma nova história.
Ah! Guardiã dos sonhos!
Que loucura!

Su Simon

domingo, 9 de agosto de 2015

Sonho criança!

Imagem google.com

Apaixonou, corou, sorriu
Envergonhada ficou!
Apaixonada brincou, aprontou, beijou
Amou, como se fosse sonho infantil.
Adormeceu, sonhou, delirou
De tanto amor pelo caminho...
Contou até dez, em anjo se transformou!
Despertou, percorreu caminhos pela cidade,
Se assustou com segredos,
Pesadelos de Halloween:
E tudo se transformou ...
Ouviu uma canção e cantou...
Em frente a uma igreja,
Seu sonho realizou!
Em festa, 
Sua vida se transformou!


Su Simon

sábado, 1 de agosto de 2015

Silêncio Profundo!



Por do sol
Um silêncio no infinito
Falta dos corais azuis, (talvez)
Olhos miram a paisagem soturna...
Vento frio atravessa a paisagem
folhas secas caem ao chão.
E neste momento de marasmo
Os pensamentos rumam aos ares do sul
tentam penetrar nas frestas do tempo
Daquele tempo em que era tudo pra mim...
Por do sol
e o silêncio invade a alma
pedindo, urgentemente, um uivo de amor...


Su Simon

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Paz Navegante


A nau repousa no porto
Aporto em maré mansa
E em teu sorriso... 
Descanso.

Ao som do oceano
Oceano em devaneios
Sinto o perfume da noite
A paz invade meus sonhos.

Navios apitam ao longe
e partem a navegar
No balanço das ondas
Embalo teu delirar.

Assim segue a noite tranquila
no porto que aporto os sonhos
Enquanto o lua selene
Navega em teu olhar...

Su Simon

segunda-feira, 8 de junho de 2015

O Som das Estrelas

Imagem google.com

Só podem ser quentes.
Há explosões e erupções
em seus interiores...
Há um grito que ecoa no espaço,
poucos conseguem ouvir seu clamor.

Se movimentam e passeiam céu afora, emitem sons.
Mas são inaudíveis a nós...
São ondas!
Se propagam e silenciam
antes que nos atinjam

Queria ter o poder de ouvir o som das estrelas
e entender o fascínio que elas emitem...
Observo-as no céu e
ouço o som do meu coração
que explode em amor e sedução...

Queria ouvir o som das estrelas!
Uau!
Só pode ser sinfonia
dirigindo nosso caminhar
em direção ao infinito.

Quem sabe, um dia,
pudesse eu
chegar bem pertinho
e ouvir
o som das estrelas!

Seria espetacular!
Uma explosão
movimentando a vida.
trazendo
Encantos! Amor! Alegria!

Que som terão as estrelas?

Su Simon

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Tarde fria


imagem google.com

Tarde fria
Chuva caindo sem trégua
e o corpo pede calor.
Em devaneios, no cinza do tempo
Aqui estou
pensando em meu amor.

Tarde fria
Um silêncio profundo
se faz presente
A solidão bate à porta
Nem quero abrir
Mas ela insiste em entrar.

Tarde fria
Preciso seu corpo
aquecendo o meu
Preciso seu sorriso
alegrando a face
Aquecendo meu coração

Tarde fria
Chuva fina
Arrepio da pele
Solidão querendo entrar
Não! Neste momento tudo que desejo...

É te amar...

Translate

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

THANKS

Thank you for visiting ...
come back soon!...