BEM VINDOS À POESIA


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Vontades

imagem google.com












Vem uma brisa e toca o rosto
Ondas sonoras ecoam tua voz
Navegam horizonte afora
Transcende o tempo
Paixão incontida...
Ausente de mim, voo pensante
Distante do mundo,
Cria-se ilusão...
Esvai-se o dia
Saudando a noite
Sempre e sempre
Paira no ar
Vontades de ti


Su Simon

domingo, 18 de outubro de 2015

Rota & Rastros em Sete Praias

By Izaias Simão

Uma
 Rota
Sete praias
Um grão de areia
Um pingo de chuva
Amor! 
Alimento da alma
Amora!
Alimentando a vida
Água na boca!
Raios sobre ondas
Oceano em festa
Andorinhas ao amanhecer
Eu e você! Você e eu!
Deixando
Rastros
de emoções pelo caminho...

Su Simon

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Viver é mágico!

imagem google.com














Está lá:

O sorriso estampado no rosto
A lágrima queimando dentro
O bloqueio ao mundo dos sonhos
Uma fenda num coração rasgado
Um sonhador de sonhos bizarros
Arquitetando batalha interior.

A vida correndo lá fora
Caminhos entre pedras se abrindo
Permitindo que um beija flor
Rufle, ligeiramente, suas asas
beijando de flor em flor
Celebrando a vida...

Viver é mágico!


Su Simon




domingo, 11 de outubro de 2015

Flor!

google.com

Ao lembrar aquele sorriso
e recordar as brincadeiras descontraídas...
A vida tão tensa e séria
fica intensa pela avidez de um sonhador

Vejo a flor se abrindo...
e é encantador seu desabrochar.
E se a vida fosse um entreabrir florido
Quão seria maravilhoso o sonhar!

Tento escapar da mesmice do tempo
Que espanta, provoca, surpreende!
Percebo que é preciso regar a vida
e esperar brotar nova semente.

A impaciência atrapalha
a urgência dos sentidos.
Mas é preciso esperar as cores
para acabar com o medo de escuro.

Ah! flor!
Tão lindo assistir seu sorriso se abrindo.

Su Simon


terça-feira, 29 de setembro de 2015

Herói: Sonho inacabado


imagem google.com

















Há brilho de fogo ao longe
Uma criatura sobrevoando nuvens
dissipando tempestades
exterminando os tormentos.

Meus medos se esconderam
por trás de cortinas obscuras
e foi até possível abrir os olhos
e admirar o voo das borboletas.

Nas asas de um anjo
Me aconchegarei
ficarei segura
ao embalo do sono.

Há um herói se aproximando
trazendo magias do infinito
e um talismã na mão
ofuscando o brilho do rancor.

O sonho não acabou

Ele esta se aproximando
Já posso abrir a janela da alma
e deixar que o mundo interior
viva um momento de calmaria.

Errante Salvador,vem logo
fazer dos dias e das noites
maravilhas incontestáveis
e dos sonhos; Realidade.
Serás o herói da minha imaginação.

domingo, 13 de setembro de 2015

Este Olhar Selene

by google


























São estes olhos profundos
que aguçam os sentidos
Tiram a paz do mundo.
O mundo que me permiti viver.

Sonhos, devaneios e fantasias
Giram selenes ao redor da lua
e fica difícil o distanciamento
das coisas que gosto e sinto.

Então vejo estes olhos brilhantes
Nesta face enigmática e atraente
liberto meus instintos sensuais,
vivo as emoções como únicas.

Já nem importa o quem dizem
Tão pouco o que pensam
Sei dos meus sonhos,
da lua, das estrelas.

E do mar que navego
neste olhar.
Sei do poder mágico
desta luz que me ilumina.

E por saber destes enigmas
Sigo o caminho silencioso
das palavras não ditas
das emoções experimentais.

Já não sei dizer o que sinto
quando vejo este olhar...
Pois não há palavra que defina
O amor que nasce em mim.


sábado, 12 de setembro de 2015

Trilhando Um Caminho

Imagem Google

Só por hoje:
Quero sentir teu calor
oriundo de um crepitar
Aquecendo a alma
Seguindo forte em busca dos sonhos.
Alimentado pela chama de amor...
que grita por dentro sem desespero.
Sobrevive atento
ao tempo, ao vento...
Vivenciando o momento.

Sigo teus passos
Refaço a rotina
Reinvento a vida!
Devaneio!
Navego, aporto
No mar de teus olhos:
Dois faróis claros
a iluminar a noite
mudando o estilo
O rumo de vida...

Alimento o ego
Alegro-me por minha vida
E num "diário de alegria".
Escrevo a rotina
sombreada por tuas asas
Protegendo o dia.
Assim caminho solitária
em minhas convicções:
És perdão, paz e amor
Reinando neste coração!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Quão Inocente Ainda Sou

Imagem Google


Acreditei que amizade sincera
Estava na palavra amiga
Na lizura dos atos
Na exuberância da confiança...

Acreditei que ser perdoado
Não fosse promessa
Fosse perdão de verdade
Vindo do coração.

Acreditei que as risadas,
soltas, largas, gostosas
Superassem na lembrança
Mais que um deslize.

Mas o tempo vai passando
e no giro do mundo
me dou conta de que
Nada é como deveria ser

Então entendo
Há uma fonte pura de amor
Neste louco coração
E compreendo:

- Quão inocente ainda sou - .

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Um Afago na alma

Imagem google

Hoje é dia especial
Começou com cheiro de festa
Uma sensação de abraço apertado
Daqueles! de total entrega.

E o olhar melancolicamente apaixonado
sorrindo um riso magnífico!
Ao redor, 180 graus de amor ...
Fez pulsar o corpo, a alma, o coração.

Trilhas, rios, cachoeiras,
Espirito aventureiro
Rumo ao coração
Que hoje bate freneticamente...

Ah! Bem que todos os dias
poderiam ser assim!
Alegria! ou simplesmente
Um afago na alma!

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Perdida entre estrelas


imagem google.com


Forte vontade de te encontrar de novo
Como outrora acontecia.
Na serenidade da noite, me perdia
Percorriam pelo corpo sensações e arrepios...

Por onde navegam as estrelas
deste azul céu de olhar profundo?
Paro! Olho! Hipnotizo!
E meu olhar sorri.

Sei que as estrelas que brilham agora
estão fora do alcance das mãos.
Resta-me contemplar o brilho
e sentir, novamente, aquela emoção...

Ao relento da noite, pensativa...
Uma saudade queima-me ao peito
e o coração cansado de esperar
chora a dor mais dolorida...

Então rola uma lágrima
e se perde entre as estrelas...

domingo, 30 de agosto de 2015

Estrela se tornou...



Uma lua gigante brilhou no alto
Uma chuva de estrelas pintou o céu

O olhar perdeu o brilho
E lágrimas rolaram silenciosas...

O silêncio invadiu a alma e
perdida em pensamentos
uma música de Elvis dominou a mente:

"Love me tender, love me sweet
Never let me go
You have made my life complete
And I love you so..."

E a poetisa jovem, linda, sonhadora
ao som de Elvis nos deixou...
................................
.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Acróstico

imagem google
Solidaria
Unica
Especial
Linda
Inspirada, faz lindos poemas e poesias...

Por Dirce Silva

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Da Cor da Rosa

Imagem Google
Cria-se asas percorre-se o mundo.
Um mundo surpreendente!
Uma reviravolta no passado...
Uma revisão de valores!
Um visão generosa sobre a vida.

Há maravilhas ainda não observadas
Há surpresas na simplicidade
Há pessoas felizes no meio da mata!
Há esplendor além da montanha!
Há beleza no sertão.

Observar contrastes:
Simples - Complexos
Puros - Maculados
Estritos - Vastos...
Perplexa fiquei

Num click!
A emoção invade o corpo
Um sonho se realiza...
A vida acontece simples
como o entreabrir de uma rosa...

Num piscar de olhos!
Superam-se as expectativas,
Céu e terra cúmplices da ventania,
e gira a vida gloriosa!
da cor da rosa...

sábado, 15 de agosto de 2015

Guardiã dos Sonhos

imagem google.com
Vivia em paz, enfrentava dragões
em todos os tempos.
Invadia florestas,
Roubava flores
no breu de noite sem luar!

Penetrava em teus sonhos e delirava...
Fascinada,
Desejava saquear teus segredos...
Possuir-te!

Ah! Desejo de roubar uma estrela
e enfeitar teu caminho!
Descobrir-me capaz de mudar o rumo 
da história sombria e perigosa...

Proteger-te dos perigos.
Ser guardiã 
dos sonhos teus e amar-te loucamente! 

Escrevendo uma nova história.
Ah! Guardiã dos sonhos!
Que loucura!

Su Simon

domingo, 9 de agosto de 2015

Sonho criança!

Imagem google.com

Apaixonou, corou, sorriu
Envergonhada ficou!
Apaixonada brincou, aprontou, beijou
Amou, como se fosse sonho infantil.
Adormeceu, sonhou, delirou
De tanto amor pelo caminho...
Contou até dez, em anjo se transformou!
Despertou, percorreu caminhos pela cidade,
Se assustou com segredos,
Pesadelos de Halloween:
E tudo se transformou ...
Ouviu uma canção e cantou...
Em frente a uma igreja,
Seu sonho realizou!
Em festa, 
Sua vida se transformou!


Su Simon

Pai

Já não sei mais como é viver 
sem a companhia sincera, 
Sem a cumplicidade generosa
Sem o afeto por puro prazer.

Os dias ficavam mais leves
a carga menos pesada
A tristeza não tão dolorida
e a risada mais prazerosa.

Havia um toque de magia
no silêncio profundo
dos olhos que conversavam
Numa simples troca... Cumplicidade!

E hoje fica aqui um eco:
É seu coração batendo no meu peito
Neste amor eterno
cravado em mim...

Pai, amor sem compromisso!
Como era bom, esperar-te no portão
e correr de encontro ao teu abraço...
Era tão bonito! 

Te amo Pai!


sábado, 1 de agosto de 2015

Silêncio Profundo!



Por do sol
Um silêncio no infinito
Falta dos corais azuis, (talvez)
Olhos miram a paisagem soturna...
Vento frio atravessa a paisagem
folhas secas caem ao chão.
E neste momento de marasmo
Os pensamentos rumam aos ares do sul
tentam penetrar nas frestas do tempo
Daquele tempo em que era tudo pra mim...
Por do sol
e o silêncio invade a alma
pedindo, urgentemente, um uivo de amor...


Su Simon

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Deslumbramento Selene


Imagem Google 

Reflexos de uma vida secreta:
O olhar
O sorriso
O cheiro
O dengo
reinaram...
Força estranha atraindo este querer
Mundos distantes!
Almas unidas!
Força do pensamento deslumbrante:
O tocar-se invisível e sentido...
Encantamento!
Num mundo imaginário
- que nem sabia existir -
E ali: Além do horizonte
Nossos olhos sorriram
e finalmente encontraram a paz!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Paz Navegante


A nau repousa no porto
Aporto em maré mansa
E em teu sorriso... 
Descanso.

Ao som do oceano.
Oceano em devaneios
Sinto o perfume da noite
A paz invade meus sonhos.

Navios apitam ao longe
e partem a navegar
No balanço das ondas
Embalo teu delirar.

Assim segue a noite tranquila
no porto que aporto os sonhos
Enquanto o lua selene
Navega em teu olhar...

Su Simon

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Sonho Selene

Imagem Google
Que adianta ver teus olhos
e delirar de prazer diante deste céu
se as nuvens invadem tudo
e levam-te pra longe...

Estranho este sentir
e a cada dia fica mais forte
o distanciamento, a falta de vida
que tua ausência provoca...

Ah! Tu sabes bem do que falo.
E sinto daqui:
O riso nascendo
no canto dos lábios.

Sensação de um abraço apertado
olhos nos olhos...
Arco-íris!
Mais uma vez!

E o amor invade o coração!
É tua presença em sonhos,
em minha alma esbarrando,
fazendo meu corpo tremer...


quarta-feira, 8 de julho de 2015

Surpreenda-me

Imagem Google

Irradie esperança em meu caminho
Escreva versos irreverentes
Não fique à sombra da magia.
Simples gestos encantam
Palavras vivas enobrecem
Estrelas fascinam
Mostre-me este olhar vivaz
Que transcende a beleza.
Deixe
Que eu me espante!
Que me desmanche!
Que me emocione!
Como a luz do sol que tudo aquece
Aquecerei seus dias com o calor do meu amor
Tão simples me fazer feliz
Surpreenda-me...

terça-feira, 16 de junho de 2015

Selene Fascínio

Imagem Google















Pairo no ar!

Deixando o vento soprar em mim
e a leveza com que beija minha face
traz lembrança lá de trás
do tempo em que me fazia feliz.

E contemplo estes olhos magníficos
de um azul céu estrelado
e me deixo flutuar no espaço
ora nova ora crescente!

Mínguo quando fecha o tempo
e a tempestade se faz anunciar...
Me escondo atrás de nuvens escuras
brincando com o brilho do teu olhar.

Assim passo noites selenes
iluminando este ser amado
beijo-te os olhos serenos
faço carícias em tua face.

E quando fico cheia
Cheia de vida e luz
Um sorriso meigo aparece na face.
É o fascínio que sinto por ti.




segunda-feira, 8 de junho de 2015

O Som das Estrelas

Imagem google.com

Só podem ser quentes.
Há explosões e erupções
em seus interiores...
Há um grito que ecoa no espaço,
poucos conseguem ouvir seu clamor.

Se movimentam e passeiam céu afora, emitem sons.
Mas são inaudíveis a nós...
São ondas!
Se propagam e silenciam
antes que nos atinjam

Queria ter o poder de ouvir o som das estrelas
e entender o fascínio que elas emitem...
Observo-as no céu e
ouço o som do meu coração
que explode em amor e sedução...

Queria ouvir o som das estrelas!
Uau!
Só pode ser sinfonia
dirigindo nosso caminhar
em direção ao infinito.

Quem sabe, um dia,
pudesse eu
chegar bem pertinho
e ouvir
o som das estrelas!

Seria espetacular!
Uma explosão
movimentando a vida.
trazendo
Encantos! Amor! Alegria!

Que som terão as estrelas?

Su Simon

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Coladinhos Selenes


by google

Cristalizado num final feliz
O doce da vida, 
romance sem fim:

Selado num longo beijo,
terno! Intenso!
Emoção sem fim.

Corpos taciturnos
ouvindo um só pulsar 
Ansiedade sem fim?

Envoltos em amor e prazer,
grudados tal qual bem-casado.
Doçura sem fim...

Enlaçados em sonhos e sensações
perdendo os sentidos, vivendo emoções
Coladinhos num amor sem fim!




quinta-feira, 28 de maio de 2015

Tarde fria


imagem google.com

Tarde fria
Chuva caindo sem trégua
e o corpo pede calor.
Em devaneios, no cinza do tempo
Aqui estou
pensando em meu amor.

Tarde fria
Um silêncio profundo
se faz presente
A solidão bate à porta
Nem quero abrir
Mas ela insiste em entrar.

Tarde fria
Preciso seu corpo
aquecendo o meu
Preciso seu sorriso
alegrando a face
Aquecendo meu coração

Tarde fria
Chuva fina
Arrepio da pele
Solidão querendo entrar
Não! Neste momento tudo que desejo...

É te amar...

domingo, 17 de maio de 2015

Constatação...



Observar as estrelas, 
encontrar respostas, 
refletir sobre o tempo... 
Espantar nuvens negras, 
sentir o frescor do vento
e assim que a ventania soprar 
a meu favor...
Escreverei o mais lindo poema de amor...

Êxtase da loucura



Sinto tua voz
E ela me chama.
Perdida, atordoada, emotiva.
Sigo em busca de paz.

Encontro em teu olhar
O porto que preciso
E aporto
Neste azul infinito, profundo.

Encontro-te e perco-me
Nas fantasias que crio.
Encontro-te e reencontro-me,
Na calmaria deste corpo magnífico!

Não quero mais
Fitar esses olhos,
Há desejos insensatos
E lampejos de paixão.

Fecho os olhos
Deliro!
Sinto tua alma em meu colo
Fico a acariciar-te em sonhos.

Êxtase da loucura!
Sonhando acordada...
Ah! Força desta paixão.
É o amor... Maior que tudo!

sábado, 16 de maio de 2015

O Som das estrelas

image from: http://pt.dreamstime.com/


Só podem ser quentes.
Há explosões e erupções
em seus interiores...
Há um grito que ecoa no espaço,
poucos conseguem ouvir seu clamor.

Se movimentam e passeiam céu afora, emitem sons.
Mas são inaudíveis a nós...
São ondas!
Se propagam e silenciam
antes que nos atinjam

Queria ter o poder de ouvir o som das estrelas
e entender o fascínio que elas emitem...
Observo-as no céu e
ouço o som do meu coração
que explode em amor e sedução...

Queria ouvir o som das estrelas!
Uau!
Só pode ser sinfonia
dirigindo nosso caminhar
em direção ao infinito.

Quem sabe, um dia,
pudesse eu
chegar bem pertinho
e ouvir
o som das estrelas!

Seria espetacular!
Uma explosão
movimentando a vida.
trazendo
Encantos! Amor! Alegria!

Que som terão as estrelas?

domingo, 10 de maio de 2015

Hoje

HOJE
Su Simon

 Mãe,
Hoje eu nem queria ser mãe
Nem receber tanto carinho
Só queria a alegria do seu sorriso.

Hoje eu queria um piquenique no campo
entre flores campestres
toalha xadrez, formigas e seu amor.

Hoje eu queria nossa cumplicidade
Nossos segredinhos a sós
Nossa grande amizade.

Agora, você está em outro plano
e eu no meu mundo irreal
e sem você, nada tem graça.

Então mãe, vou cumprir a profecia
dar amor aos seus outros filhos
dar amor aos meus filhos
Te fazer feliz...

Não esqueço seu jeito mãe de ser
E deixo de lado meu querer
Pra cumprir a missão que me deixou...

Hoje, pra mim, é dia diferente
Uma mistura de alegria triste
Uma saudade danada de você.

Hoje queria seu colo
Ser filha é melhor que ser mãe
E eu choro sua falta.

meu amor por você
sempre foi intenso! Imenso!
obrigada pela vida e por tudo...

Eu te amo Mãe!

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Harmonia



Tem cor
e combina com meu desejo
Tem toque
e combina com o arrepio da pele
Tem perfume
e combina com o aroma dos sonhos 
Tem charme 
e combina com o enigma do olhar
Tem dengo
e combina com o calor do aconchego
Tem paixão
e combina com o beijo ...

És harmonia para minha poesia...


Su Simon




terça-feira, 5 de maio de 2015

Razão e Emoção


By Me

Hoje um galho caído sobre a rua
balançou a folhagem
numa saudação magnífica!


Ah! Natureza;
Há generosidade em seus gestos:
uma brisa de vento trás alento ao caminho.
um olhar felino desmorona
um latir sorrindo encanta.
É certeza: eles sabem amar


Ah! sensação impotente
diante da reação humana,
Fidelidade? Amor?
Sonho? Paixão?
Não!
Só a cega obsessão...


Olha e não enxerga
ouve e não escuta
fala e não diz...


Incompreensão humana coloca tudo a perder
e faz da vida uma eterna luta
entre razão e emoção...


Talvez eu entenda melhor a natureza ...









segunda-feira, 4 de maio de 2015

Era uma vez um anjo


Chegou assim, de asas abertas
Sorriu o riso mais bonito
Secou o pranto sufocante
Que seca a garganta e dá um nó.

Acalmou um coração estilhaçado
Com a força da leveza de suas asas
Levitou-me dos infortúnios da vida.
Fui feliz!

Um toque sutil!
Um sopro de amor!
Um hálito quente na face!

E num rompante de emoção,
segura sobre suas asas,
flutuei ao vento.
Brinquei com as nuvens.

Cai a velocidade da luz
Assustada!
Um turbilhão de medo
Vi ante meus olhos
E em fração de segundos
tudo se desfez:

O anjo partiu
A alegria se foi
O sonho acabou...
Era uma vez um anjo!

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Presente Inesquecível




A felicidade chega pelo correio  
Envade meu mundo interior
São poesias de amor, esperança,
Sonhos e emoções...
Deixando meu coração terno e agradecido. 
  
Obrigada pelo presente maravilhoso
Em formato de livro

Um prazer ler seus versos Angela Lazzari!!!

sábado, 25 de abril de 2015

Memórias

imagem google.com


Se tivesse memória de elefante,
reencontraria a mesma lua
que, um dia, ousei louvar.
e ficaria encantada com sons de outrora.

E lembraria dos loucos poetas
que um dia atravessaram Atlantes
e presentearam-me com homens-peixes
por eu ter ousado a lua...

E ainda assim não esqueceria
em que fase da lua
ousei um dia...
Pois há mar em minha ousadia...

sábado, 11 de abril de 2015

Riacho Grande


E na dança suave das águas represadas
Uma paz repousa à sombra das árvores...
Deixando a paisagem fina e delicada
Tatuando nas cores sonhos e amores.

Su Simon


domingo, 5 de abril de 2015

Enquanto não amanhece



Leva o sol e o esconde
Levitando sobre nuvens encanta
Lança sentimentos e raios de paixão
Livre no firmamento.

E passeando entre nuvens e estrelas
clareia as ideias, causa inspiração
E se esconde e a procuro e brilha
e me encanta

Ah! Lua Luna Prateada
Passeia na noite
Sapateia em meus versos
Dança em meus sonhos...

Enquanto o dia não amanhece!

Su Simon





sexta-feira, 3 de abril de 2015

Pegadas, rastros, sinais

imagem google.com

São pegadas, rastros e sinais deixados pelos caminhos
Como uma estrela cadente atravessando o céu em noite sem luar...
Deixando um enigma, um mistério, um segredo 
indecifrável ao olhos de lince!
Há magia no canto do vento
Há mistério aos olhos do mar
Há poesia rodopiando a mente
E sonhos pra se sonhar
Sem metas, sem planos, sem direção
Segue o vento derrubando folhas secas
É preciso entender a mensagem,
decifrar pistas, seguir o vento...
Há rastro de folhas secas dispersas pelos caminhos...
Há amor, sonho e esperança num olhar que brilha sorridente
É  preciso entrar na dança, seguir o compasso da canção
pra entender o amor pairando sobre nós...
São pegadas, rastros e sinais
fazendo da aventura de viver
Uma eterna  canção  entorpecendo a alma...
São pegadas, rastros e sinais...

Su Simon

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Nem vem que não tem


imagem google.com

Poema 5
Refazer planos, levá-los a risca,
com respeito e dedicação
ao extremo de sentimentos.
Amizade é sagrada e de alto valor.
Não suporta mentiras nem enganos
Nem uso desnecessário de confetes.
Então, não quero rasgar no verbo
toda a indignação do espírito.
Nem enfeitar com adjetivos chulos
tudo que penso e vejo.
Quero apenas um rascunho
 para rabiscar as palavras
que não cabem no meu verso.
Eternizá-las nas entrelinhas
para não caírem no esquecimento.
Que o vento carregue pra longe toda mentira
que soprou em minha direção...
Nem vem...
Nem vem que não tem.


terça-feira, 31 de março de 2015

Brisa! Vento! Ventania!

imagem google.com


Poema 4


Chegou como uma brisa
beijou-me a face.

Refrescou o corpo,
ganhou força e seguiu o rumo...

Derrubou pensamentos,
como folhas secas de outono...

Agigantou-se, virou tempestade 
limpou a atmosfera de fluídos nocivos.

Transformou-se em furação, virou redemoinho,
embalou  sonhos em espirais...

Uma rajada mais intensa sacudiu o corpo
à velocidade da luz.

Um leque de inspiração 
desnorteou a mente e abalou o coração...

Feito tufão, trouxe energia e poderes fantásticos
e navegou o barco a deriva da maré...

Moveu nuvens e céu. propagando o fogo da alma
que encantada dispersou sementes...

De amor
 a vida  floresceu ...

Brisa, vento, ventania
Que intenso sentir-te beijando-me à face...


Su Simon





segunda-feira, 30 de março de 2015

Nem sempre sintomas de tristeza


Poema 3

Definitivamente é possível caminhar longas distâncias
e não pensar em nada, apenas sentir a natureza...
Sorrir diante da simplicidade da vida:
Como um canto de pardais
Um rasante voo de Tucano
Ou um movimento em V, visualizado no céu.
das andorinhas alinhadas e felizes.
Lembrar, neste momento, da solidão das estrelas
que mesmo dispostas distantes umas das outras,
Quando reunidas, brilham intensamente
sem ofuscar o brilho da outra...
E sorrir ao lembrar
das pessoas queridas e distantes
e perceber que elas brilham 
em algum ponto luz do planeta.
Assim, a saudade faz brotar 
um sorriso magnífico no canto dos lábios.
Então percebo que a saudade 
não precisa ser, de fato, triste,
e sim, só mais um momento de amor!
Eh! Saudade...

Su Simon



domingo, 29 de março de 2015

Restaram apenas pegadas

imagem google.com


Poema 2

Aquela lágrima que rolou sem por quê
Da dor que era tão minha, tão íntima!
Descobri que foi por mim,
não por você.
E em cada gota orvalhada
havia gosto de mar e ventania
Em ondas bravias se quebrando aqui dentro
Morriam na areia mansa do meu caminho.
E foram ficando para trás
dores, desilusões e toda amargura
nas pegadas do destino
Agora somos apenas lembranças
dos momentos inesquecíveis
deixados pelo caminho...

sábado, 28 de março de 2015

Talismã



Poema 1
Anoiteceu e o céu ficou prateado
Noite escarlate de lua brilhante
Anjo dotado de força e energia
Talismã para os amigos
Navega em barco de cristal
Oásis divino contra a solidão
Fonte de luz rebrilhando a vida

Ousadia e brilho que ofusca a retina
Raio de luz quebrando a escuridão


Su Simon

sexta-feira, 27 de março de 2015

sábado, 21 de março de 2015

Nossa Canção ♫



imagem google.com

Está tocando aquela música.
E eu o queria aqui!
Aqui ao meu lado...
E o som embalando a trajetória de sonhos
Na estrada, no campo, na praia...
Espraiam-se notas e espalham-se pelo ar
E o vento levando a canção
ao encontro do seu coração,
sentindo o bater forte, no compasso...
pois entende que há mais amor
do que tudo que foi escrito.
É você que segue comigo,
a todo o momento, no pensamento.
Ah! Não faça drama.
Ouça nossa canção.
Sorria!
Me ame!
Somos a canção que desejamos...
O caminho que escolhemos
e o bater ritmado do coração...

Já temos uma canção pra recordar...

Ouça!

Está tocando cá dentro...♪


Su Simon

sexta-feira, 13 de março de 2015

Breve Vida!

imagem google.com


O céu está em festa
Um anjo acabou de partir pra lá
levou nas asas, lembranças desta vida
deixou entristecido corações cá...


Sua caminhada por este mundo
foi cercada de amor e carinho
Brincou, cantou, fez amigos
Agora ganhou asas de menino...

A terra perdeu uma pedrinha brilhante
O céu ganhou uma estrela cintilante ...
Brilha, brilha estrela no céu...
Que a Vida é breve... Breve Vida!
Su Simon,

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Sensações

imagem google.com













Alguns momentos passam despercebidos
Havia espera naquele olhar cansado
Havia desejo de pele naquele ar cortês
Havia passos fortes e firmes em direção ao abraço...

Um até breve,
um pedaço de lua,
um apagar de estrela,
Um descanso à penumbra da noite...

Sensações tantas percorrem a mente,
era outra  atitude desejada.

Insensível!
Nem percebeu o desejo nos olhos,
Nem ofereceu um colo...
Deixou-te ali: Só!

Simples gestos:
Um esticar de braços,
um estender as mãos
traria sensações tão desejadas...

Ah! Coração plúmbeo!
Nem percebeu o arco iris que riscou o céu...

Su Simon






sábado, 21 de fevereiro de 2015

Desígnios...

imagem google.com

Pensamentos vagos e sombrios
De um azul infinito
Pairam no ar.
Ilusões rodopiam a mente
Angústia chega ao final.
Não!
Não quero lembrar palavras
lançadas na volúpia do momento:
Saudade! anseio, desejo!
Já não importa:
Vontades, carícias, medo!
Decididamente!
A noite segue seu curso
Não gira mais em torno de mistérios...
Avante, os sonhos definham
As luzes internas, uma a uma, vão se apagando...
E o rio segue calmo os desígnios de suas margens...

Su Simon

sábado, 14 de fevereiro de 2015

É carnaval em minha história...


A vida reservou momentos incríveis
e não foi diferente no carnaval
cada ano uma surpresa distinta
Te conquistar foi genial...

Nunca pensei que ter nada pra fazer
num sábado de carnaval ,
Seria suficiente para
mudar nossas vidas.

Sem máscaras 
ou alegorias
dei de cara com você
sem nada pra fazer também

Tropeçamos na vida 
em época oportuna
e sem ter o que fazer
fomos dar um rolê

Ao ronco da moto
vento no rosto, liberdade infinita
foi o dia mais bonito
de nossas vidas

vieram outros carnavais,
mas nunca esquecerei
aquele em que você
resolveu que eu seria
a mulher da sua vida...


quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

E quando lembro


Quando lembro
Que tudo era poesia
que a vida era só alegria...
Vem você brincar de esconder.

Saio a procura
daquele palavra amiga
Daquele riso bom
Daquele sotaque suave... 

Cadê? O ombro amigo
Que afasta o medo das tempestades
Que faz um coração entrar no compasso
E o riso brotar nos lábios...

Quando lembro
Que a vida era leve, solta,
percebo a falta que me faz...
Peito está apertado! Querendo seu abraço.

Quando lembro...


terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Olhar Penetrante


Imagem google.com

Penetrante! Atrevido!
Atraindo meu ser magnético
E eu passeio céu afora
mergulhando em nuvens de sonhos
A força do vento me faz flutuar.
E deixo o corpo mergulhar neste universo:
Desconhecido e cheio de mistérios...
Intensa sensação de amor acompanha os delírios!
Fugir deste clarão? Tentativa impossível!
Raios infinitos caem aos pés
Febre delirante toma conta do corpo
Suor transborda dos poros
Corpo esmorece, não reage,
Se entregando a sedução.
Um pensamento desvia os sentidos,
Quebra a magia.
Este olhar
Penetrante! Atrevido!
É que mexe comigo...

Su Simon




quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Travessia

Imagem google.com


Conceitos de vida, estilo Rock,
atravessando um passado distante, longínquo,
buscando tragédias em histórias antigas...
e  comédias em histórias modernas
Transformando em inovações escritas...
Ora sombrio ora romântico...
Ora horror ora graça
Aguçam os sentidos
Arrepia a pele
causando sensações de mar.
Ora manso ora revoltoso...
Apaixona-me estas emoções
e eu atravesso neste balanço
de a (mar)...

Su Simon

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

THANKS

Thank you for visiting ...
come back soon!...