BEM VINDOS À POESIA


domingo, 22 de novembro de 2020

Gostinho de aconchego!

 

Assim como as estrelas do céu

Seguiremos o nosso destino.

Mesmo distante!

Sem contato sem abraço!

Olhe para o céu! Veja as estrelas!

Elas continuam iluminando à noite.

Não se tocam nem se abraçam,

Mas seguem em harmonia

Salpicando o céu com seu brilho!

E como fica fácil reconhecer cada uma:

Três Marias, Cruzeiro do Sul, Ursa Maior...

E as estrelas cadentes? Nos faz suspirar!

Então: Vamos nos acolher.

Assim como as estrelas,

Cada um em sua casa,

Brilhando sem ofuscar o brilho do outro!

Vamos sentir o aconchego

De um abraço distante

E nos sentiremos especiais!

Assim como as estrelas da noite

Deixam a noite mais iluminada...

Deixaremos a vida mais acolhedora!

Um protegendo o outro

E todos brilhando ao longe!

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Linduxa!



Manuela!

****

Dois anos! sim já faz dois anos 

Que transformou nossas vidas

Um aprendizado atrás de outro!

Aprendemos o que significa 

Amor incondicional!

E o verdadeiro valor da palavra: Pureza!

Enfim vivemos um sonho real!

Novos tempos! Novas alegrias!

Tudo é felicidade, amor e paz!

Emoção que nem cabe no peito...


Dois anos de felicidade plena

Vindo dessa princesa de amor

Que atende por Manuela!

Hoje, Manu faz dois anos

E segue crescendo, crescendo, crescendo!

com muita sabedoria para tão poucos anos

É Princesa! É Amor!

É nossa Gatinha Linduxa!


Parabéns Linduxa! Feliz Aniversário!


Su Simon


sábado, 29 de agosto de 2020

Magia do coração!



Quando uma brisa leve
tocar seus lábios
Quando se perguntar:
Cadê o encanto da noite?
Quando desejar saber:
Por onde anda a magia do amanhecer...
Siga o caminho do seu coração
O ritmo acelerado guiará você
até mim...
Mesmo de olhos serrados!




sexta-feira, 10 de abril de 2020

Folhas de Outono

Photo by Su Simon

Estão por toda parte,
caídas ao chão, ou
voando ao vento,
já quase frio...

Passaram-se dias, meses,
e até as estações do ano...
E você? fez o quê?
Não sei, não sei...

Certeza que as folhas ainda voam
com o vento,
e as palavras sopradas ao luar
chegam de longe e faz sorrir!

Junto chegam lembranças
De emoções vividas
Em outras estações...
Primavera! Verão! Inverno!

Quando seu perfume chegou
Se misturando ao das flores
{Floriu o jardim de sonhos}

Quando sua poesia rompeu
O calor da emoção
{Acalentando o coração}

Quando o frio arrepiante levou
Os versos transformando em branca neve
{Congelando  a vida, os sonhos e a esperança}

A história de brincar de sonhar
se foi com o vento
junto às folhas secas
antes de caírem ao chão...

E esse amor que não acaba,
espera ansioso um novo ciclo
de quatro estações...
As folhas de outono... Renascerão!


sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Vida em lembranças



Superar obstáculos vivos
é mais difícil que superar
a dor infinita do fim de tudo
É viver sem saber
O que aconteceu, onde errei,
foi o que disse, se foi já nem lembro
E vem as dúvidas...
o que fazer com as lembranças
de dias festivos,
de abraços e carinhos
Do grito no portão...
Do sorriso de felicidade
Da emoção que descompassava
o coração em festa...
Já não tenho respostas
para tantas indagações...
e o curso da vida segue
deixando um imenso vazio
muitas interrogações
e a certeza que nada é
ou será como outrora
Mas que sempre se fará presente
Nesta nova etapa de vida
É vida em lembranças...

By Su Simon

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Canção do Mar

Foto By Ninja


Eis-me aqui num porto de areia 
Aportando o cansaço! 
Sentindo a brisa leve 
Que vem do mar... 

É manhã serena
Despertando o dia! 
Em tom suave e ritmado 
pelo som de ondas calmas! 

Deixam marcas 
De beijo do mar noturno 
Na areia molhada 
Ao subir da maré 
A procura de amor!

E num vai e vem frenético 
Espraiam-se espumas, 
Num tilintar de taças 
A brindar a vida. 
Em mais um verão! 

Uma pausa, uma nota 
Uma onda sonora, 
Quebra ao longe 
Trazendo lembranças 
De um grande amor ! 

É vida calma: 
Serena,  equilibrada
 Momento incrível !
Êxtase total 

Eis a canção do mar!

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Ternura


Lágrimas alegres marejaram o luar
Num momento de eterno carinho
Ternura brilhante clareou o olhar
Feito estrelas a iluminar o caminho!

quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

Desapego


Foto by Su


Acordando para vida
e percebendo algumas ausências:
Falta do riso, do barulho, das conversas,
falta do choro, do grito, da euforia,
das vontades contrárias, da parceria...

É assim que 2020 começou
Eu me perguntando:
Como aprende a se desapegar?
Se são meu mundo, minhas preocupações,
Minha alegria, meus amores!

São três, só que cresceram
Já não é mais possível 
tê-los ao redor,
segurar-lhes a mão, orientar!
 Não me escutam mais!

Seguiram  o curso da vida,
desapegaram-se 
Nem é falta de amor,
É a necessidade de viver 
por conta própria!

O tempo passou rápido
E eu não sabia desapegar!
Mas é preciso deixar partir 
Aprender conviver com lembranças
do tempo em que vivemos juntos!

Feliz Ano Novo!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

THANKS

Thank you for visiting ...
come back soon!...