BEM VINDOS À POESIA


sábado, 20 de outubro de 2012

DEVE SER AMOR

Imagem google.com
DEFINITIVAMENTE

Deve ser amor
esse sentir sem sentido,
essa felicidade sem nome,
esse desejo insaciável...

Deve ser amor
essa pele arrepiando
quando lembro seu nome,
quando ouço sua voz.

Deve ser amor
Essa emoção no peito.
Essa ilusão na mente.
Esse querer sem poder.

Só pode ser amor...
Esse sentimento,
assim, sem sentido...
Belo, natural, lindo!


Definitivamente...
Não pode ser medo,
esse sentir que alegra o coração...
Definitivamente. Só pode ser amor!

Sueli

4 comentários:

  1. Definitivamente. Só pode ser amor!

    SU
    Que poema belo. Muito bem expresso. Que leitura agradável!
    Beijoo do ZÉ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Zé...
      Definitivamente mesmo!!! rsrsrs
      bjo
      Su

      Excluir
  2. Ah, o amor...se não vivê-lo, como sabê-lo, não é? E seus versos expressam exatamente esse estado de graça, que invade nosso ser sem pedir licença, sem hora marcada, sem reconhecer limites...E a gente simplesmente se entrega, sem sequer questioná-lo! E o que acontece? O sorriso bobo, a felicidade indescritível, e um coração extasiado de tanto bater, tão somente por saber que a pessoa amada está logo ali, bem pertinho de você...BOOOOOMMMMM DEMAIS, 'né' não? =D Bjks, Su

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

THANKS

Thank you for visiting ...
come back soon!...