BEM VINDOS À POESIA


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

DUO III Paty & Su

Imagem google.com























CANTO DA TRIBO

Tão cantada em verso, em prosa
virgem índia dos lábios de mel...
Nascida além da Serra, onde azula o horizonte.

Doce fruta madura
a ser colhida nem antes nem depois...
Melhor seria, nunca ser colhida...
Era fruta da terra...
Pura e tenra.

No momento em que torna-se
agradável tanto ao toque quanto ao paladar...
Chega aqui um Português sedutor
Para enfeitiçá-la e levá-la...

Que diria em nossos dias
se tocasse na alma e vissem em seus olhos,
o sofrer de um povo antigo...
Sem sua mais linda guerreira
"de cabelos mais negros que as gralhas
e mais longos que talhe de palmeira?"

Essa tribo que hoje chamamos Brasil,
esconde nas verdes matas
o que sobrou dos verdadeiros guerreiros da Pátria
Homens castigados, sofridos,
de hábitos seculares
Que ainda sonham
com a caça, a pesca e a liberdade..

O que andava livre, desnudo e feliz
chora e clama por justiça...
Cantam o canto melancólico da vergonha...
prisioneiros nas florestas...

Patricia Feltrim & Su Simon




3 comentários:

  1. Olá

    As palavras
    que falam
    sobre verdades
    muitas vezes
    esquecidas,
    nos fazem
    mergulhar
    no maravilhoso
    ato de pensar.

    Que em teu coração,
    a alegria faça morada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais emocionante Aluisio...
      obrigada
      Su

      Excluir
  2. Oi Su....
    Vim agradecer e retribuir sua visita no Denguinho ....Lindo seu Cantinho ...Adorei!
    Nyan nyan
    Nina

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

THANKS

Thank you for visiting ...
come back soon!...